Todos sabemos que para ter uma pele bonita e saudável, precisamos nos habituar a certos cuidados que não se resumem apenas a passar creminhos. Um dos fortes para conseguir esses resultados, é tomando muita água. É bem clichê e já estamos cansados de ouvir isso, mas é a mais pura verdade. Muitas vezes nos esquecemos de beber água por conta da correria do dia a dia, mas tente fazer com que isso se torne um hábito na sua rotina. Lembre-se de sempre levar na bolsa uma garrafinha com água!

É claro que isso é o básico, a pele também precisa de cuidados mais específicos. Antes de explicarmos como cuidar de cada tipo de pele, é primordial saber que todas as peles necessitam do famoso filtro solar, mesmo naqueles dias nublados. É claro que para peles mais oleosas o filtro solar precisa ser livre de óleos ou para as peles mais secas com muito creme hidratante, por exemplo. Mas não o deixe de lado, pois é ele quem vai prevenir o envelhecimento precoce da sua pele e preveni-la de doenças como o câncer de pele.

Agora vamos lá, você sabe qual é o seu tipo de pele? E se você está usando os produtos corretos? Hoje vamos sanar todas as suas dúvidas em relação a esse tema. Confira todas as informações e por fim nos diga se conseguiu identificar qual tipo de pele é a sua:

Pele normal

A pele normal tem esse nome justamente por ser uma pele balanceada. Ela não é nem muito seca e nem muito oleosa, podemos dizer que ela está no meio termo. Sua zona T (testa, queixo e nariz) pode ser um pouco oleosa, mas de uma forma equilibrada, sem excesso de brilho ou ressecamento.

Para identificar se a sua pele é normal, você deve analisar se ela tem poros finos, textura aveludada, boa circulação sanguínea e cor rosada. Outra característica marcante da pele normal é o perfeito balanceamento de hidratação e oleosidade, isso faz com que seja ainda mais fácil cuidar de manchas e espinhas.

Reprodução: GoogleReprodução: Google

Mesmo assim, a pele normal precisa de alguns cuidados. As maiores dicas para continuar tendo uma pele saudável são:

1. Nunca dormir de maquiagem

Os produtos que são usados para fazer maquiagem como a base, o pó e o corretivo criam uma camada sobre a pele que tapa os poros e impede que a derme respire corretamente. Por isso, sempre retire toda a maquiagem antes de ir pra cama, mesmo que dê aquela preguiça.

2. Manter uma alimentação balanceada

Não é segredo para ninguém que comer de uma maneira saudável mantem a pele bonita. Isso porque muitas verduras e legumes contém nutrientes que favorecem a renovação das células epidérmicas.

3. Beber muita água

Mais clichê, impossível. A água é de extrema importância para todo o corpo do ser humano e com a pele não seria diferente, pois tomar água com frequência faz com que continuemos hidratados.

 

Pele oleosa

A pele oleosa é o tipo de pele mais comum entre a população brasileira de todas as idades. A maior característica que define esse tipo de pele é a alta produção de sebo pelas glândulas sebáceas. Além disso, ela pode ser originada através de medicamentos, mudanças hormonais e até mesmo estresse. Esse excesso de oleosidade também tem grande influência na dilatação dos poros, o que os torna mais visíveis. Ela exige cuidado redobrado, pois a propensão de aparecer cravos e espinhas na pele é muito maior.

Se você quer descobrir se tem a pele oleosa, basta analisar se ela tem brilho intenso, sensação pegajosa, poros abertos ou irregulares, alta umidade e o aparecimento de acnes.

Foto: GoogleReprodução: Google

As dicas que usamos para cuidar da pele oleosa são um pouco diferente já que ela exige ainda mais cuidado do que os outros tipos de pele.

1. Manter distância de cremes

Grande parte dos cremes contém em sua composição nutrientes que podem aumentar a oleosidade da pele, portanto prefira um gel na hora de cuidar da pele.

2. Lave o rosto com água fria

A água fria trabalha como se fosse um calmante, sendo capaz de auxiliar no fechamento dos poros abertos de uma pele oleosa.

3. Use filtro solar

O filtro solar é essencial para qualquer tipo de pele, mas abordamos ele aqui para lembrar que peles oleosas precisam dos cosméticos oil-free, ou seja, aqueles que são livres de óleo.

 

Pele seca

A pele seca é comum entre pessoas mais idosas, principalmente as mulheres. O termo “seco” se refere a incapacidade de reter água no volume necessário, que é algo comum do envelhecimento, pois a pele vai ficando ressecada. Isso é uma das grandes causas dos problemas relacionados à pele seca que explica o alto volume de visitas aos dermatologistas.

Sua deficiência em produzir água e sebo faz com que seu aspecto seja áspero, opaco e sem brilho. Ela é considerada também uma pele desidratada e que em tendência a craquelar, já que sua capacidade de produção é muito reduzida pela falta de oleosidade.

Foto: GoogleReprodução: Google

A maior dica para cuidar de uma pele seca é a hidratação. Usar e abusar dos cremes hidratantes principalmente! Mas além disso, veja algumas dicas de cuidados que separamos:

1. Fuja de produtos esfoliantes ou que contenham álcool

O álcool contém uma propriedade que retira o manto lipídico da nossa pele, danificando toda a proteção que ele oferece e deixando a pele ainda mais seca.

2. Evite banhos quentes e longos

Da mesma forma que o álcool, a água quente também afeta a camada manto-lipídica que mantém a textura suave da pele. Por isso evite banhos quentes, pois eles deixam a pele ressecada e com riscos maiores, como ter dermatites.

3. Use água termal diariamente

A água termal é um excelente aliado para quem tem pele seca, pois ela tem ação antioxidante, calmante e refrescante. Ela hidrata e protege a pele das agressões diárias.

 

Pele mista

  A pele mista é uma mistura da pele seca e da pele oleosa, pois ela combina oleosidade na zona T (testa, nariz e queixo) com regiões mais secas como nas bochechas. Sua parte oleosa pode apresentar acnes e a formação de cravos, já a sua parte seca tem facilidade de descamação e irritação.

O ideal nesse tipo de pele é controlar a oleosidade, mas nunca utilizar produtos com álcool para não correr o risco de deixar as partes secas mais ressecadas ainda. Portanto, opte pelo uso de algum gel ou sérum, que são cosméticos livres de óleo.

Foto: GoogleReprodução: Google

Por se tratar de uma pele “misturada” às vezes fica difícil saber qual é a forma ideal de tratá-la, mas as principais dicas são:

1. Lavar o rosto pelo menos duas vezes ao dia

Os dermatologistas recomendam que o rosto seja lavado ao menos duas vezes ao dia. A primeira vez durante a manhã ao acordar e a segunda vez durante a noite ao se deitar. Isso será o ideal, pois se lavarmos o rosto mais de três vezes por dia a pele poderá perder o brilho natural e o equilíbrio do pH.

2. Prefira produtos em gel ou espuma

Cosméticos feitos á base de gel ou de espuma são excelentes para cuidar da pele, sem contar que não a deixarão com aspecto oleoso.

3. Use hidratantes e filtro solar livres de óleo

O uso de um hidratante é indispensável mesmo com as camadas de oleosidade presentes, pois as partes secas precisam ser hidratadas. Por isso não deixe de usar, mas se atente as letras pequenas e vá sempre nos produtos oil-free.  

Com todas essas dicas ficou ainda mais fácil identificar qual é o seu tipo de pele e qual cosmético você deve usar para fazer os cuidados básicos. Aqui no Cantinho temos diversas matérias primas naturais que com certeza farão diferença em seu produto artesanal.